Media digitais e mudanças nas redacções

O relatório de 2013 do Orriella Digital Jornalism (um estudo anual sobre o impacto dos media digitais nas redacções) revelou as práticas que estão a tornar-se uma realidade no seio nas redacções, como é o caso do uso preferencial do Google+ entre jornalistas; “digital first” – publicar primeiramente na web e só depois no suporte tradicional de papel; a crescente preocupação em criar conteúdos para plataformas móveis. Destaque, também, para o uso de blogues e do Twitter para complementos da notícia.

O estudo foi baseado num inquérito a 545 jornalistas de 14 países (Austrália, Brasil, Canadá, França, Alemanha, Indía, Itália, Nova Zelândia, Espanha, Suêcia, Reino Unido e Estados Unidos).

De acordo com o relatório do ano transacto, cada vez mais os jornalistas acreditam que o seu público-alvo encontra-se no online, o que faz  com que o desempenho do exercício jornalístico seja avaliado com base em métricas digitais, tais  como número de visitas únicas e comentários, sendo que a  corrida pelo número de “likes” é também, agora, uma realidade das redacções.

O site Clasesdeperiodismo publicou uma serie de posts que colocam em evidência as conclusões-chave do estudo de 2013:

5 Tendências do jornalismo nas redacções:

  • “ Digital First”
  • Conteúdo Móvel está a crescer
  • Os meios digitais ganharam reconhecimento no jornalismo
  • Google+ é o mais utilizado pelos jornalistas para a partilha de notícias e para comunicação entre profissionais
  • Apesar das novas tecnologias, existem valores tradicionais que permanecem – as fontes mais confiáveis são os académicos e técnicos especialistas em vez de executivos e figuras políticas.

O desafio : Auto-financiamento, sem depender de receitas de publicidade – os meios de comunicação tentam encontrar formas de financiamento que se centram na qualidade dos conteúdos e não na publicidade a marcas. O paypall é um exemplo.

Twitter e Blogs são ferramentas indispensáveis para os jornalistas

socialmedia

Visitas únicas, “Likes” e comentários são os novos indicadores de êxito – A importância  da qualidade do conteúdo parece ser algo do passado, visto que apenas 17 % dos inquiridos referiu este indicador como um medidor do desempenho do jornalista. Um número que contrasta com os 39 % que indicou  o crescimento das comunidades em torno dos meios sociais como um demostrativo de sucesso.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s