“Western: Sáhara” – Uma visão western do Sahara Ocidental

Imagem

Western: Sáhara

No se necesitan equipos de iluminación, ni una buena cámara, sino un intercambio, el de una persona que filma y otra que es filmada (Jean Rouch)

Na sessão de abertura do FACA  (Festa de Antropologia, Cinema e Arte), dia 6 de Março, foi apresentado o documentário “Western: Sáhara”, realizado em 2013 pelo colectivo “Left Hand Rotation” em parceria com a Escola de Cinema Abidin Kaid Saleh. O documentário retrata o processo de produção de um trailer da vida do povo saharaui que vive refugiado num acampamento em Tinduf, Argélia. Os seus habitantes acabam por ter a oportunidade de eles próprios recriarem a sua história, transformando o acto de filmar numa memória útil, “que utiliza el cine como medio para reconquistar la historia arrebatada, como testimonio de la propia cotidianidad”.

O guião do filme desenvolvido dentro do documentário é assim construído com a participação dos homens, mulheres e crianças que vivem no deserto e que se assumem como os “bons da película”, tendo como “vilões” os marroquinos. É o povo saharaui que decide o desenvolvimento do filme, tendo total liberdade para decidir como começa e acaba. Com um “final feliz” concordam.

“Western Sáhara” procura alertar as organizações solidárias e de defesa dos direitos humanos da situação actual desta ex-colónia espanhola, há 37 anos exilada no deserto, tentando informar a sociedade do seu contexto político e histórico e reconstruir os laços e o diálogo entre o México e o Sahara. Porquê o trailer? Por ser uma peça midiática capaz de alcançar mais espectadores. Porquê o western? Por ser o único género cinematográfico que “consiguió escribir la historia en lugar de recrearla”.

Os realizadores vão participando ao longo do documentário, interagindo com os habitantes e procurando perceber que história eles querem contar, é pensado todo um guião para o filme cujo trailer é o produto final. Os planos por serem filmados à mão provocam alguma instabilidade na imagem, mas a aposta da colectiva não é na qualidade mas no conteúdo, na interacção do povo entre si que, unido, recria a sua história.

FACA – http://faca2014.wordpress.com/

Left Hand Rotation – http://lefthandrotation.com/westernsahara/index.htm

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s