A influência da informatização no jornalismo

O aparecimento das tecnologias digitais e da rede mundial de computadores têm originado modificações significativas no campo do jornalismo, esse é um facto que não se pode negar e que tem sido muito discutido nas nossas aulas. Estamos agora a viver uma época do jornalismo em que se assiste a inúmeras alterações, que têm de ser efectuadas a uma velocidade quase instantânea, para o jornalismo se conseguir adaptar.

A informatização trouxe o processo digital, de tempo real, de comunicações online, que estabelece novos parâmetros sociais. Com a internet tudo mudou, incluindo o jornalismo. Não se trata da existência de um novo suporte técnico apenas – o computador –, mas também de uma maneira diferente de produzir, difundir e receber a informação. Essa difusão pela rede mundial de computadores potencializou a interactividade, a instantaneidade e a multimédia, quebrando as fronteiras do tempo e espaço geográfico, criando um espaço público virtual.

Tudo se transformou: do papel passou-se para a tela do computador, a redacção passou por uma reconfiguração, as notícias têm de sair mais rápido e estarem a ser constantemente actualizadas e surgiram novos sistemas de comunicação electrónica que possibilitam novas formas de produção da informação. O surgimento das novas tecnologias alterou também a forma de pesquisa e produção da informação; agora, sem sair da redacção, o repórter pode apurar, pesquisar e obter informações. Além disso, o webjornalismo quebrou a periodicidade e incorporou a máxima do “tempo real”. Como se essas transformações todas não bastassem, o jornalista já não é o único responsável pela produção de notícias, deveria ser, mas agora os cidadãos partilham logo nas redes sociais algo que viram ou souberam.

Image

Estas novas tecnologias são capazes de proporcionar resultados e condições extraordinariamente melhores para a qualidade e potencial do trabalho jornalístico, mas é preciso encontrar a “fórmula” para o sucesso, pois neste momento está a assistir-se a uma crise no jornalismo. Os jornalistas mais velhos não acreditam que as novas tecnologias possam ajudar o jornalismo, pelo contrário, mas os novos jornalistas também ainda não têm a solução para se conseguir fazer o jornalismo sobreviver.

Image

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s