O Leak que pode revolucionar a indústria dos Média

Se até agora o The New York Times era olhado como o último marco de resistência do jornalismo tradicional impresso, que resistia às investidas fatais de um mundo digital em constante transformação isso passa agora a ser coisa do passado. Foi divulgado um relatório encomendado pela empresa do diário norte-americano para tirar conclusões sobre a estratégia a desenvolver para preparar uma verdadeira transição da redacção para o digital.

Através deste documento, que foi divulgado publicamente por um concorrente citado no mesmo, o The New York Times não está na vanguarda do jornalismo digital. Pelo contrário, está a ficar muito atrás dos seus concorrentes, organizações mais recentes viradas para o digital, e não está a tirar partido pleno do enorme potencial que tem à disposição.

Este relatório vem pôr a descoberto algumas das principais falhas de organização da instituição centenária que tem marcado a agenda noticiosa mundial. Ao mesmo tempo que expõe as suas falhas, sugere alternativas para implementar e desenvolver melhores práticas, num sistema de maior colaboração entre a redacção e o departamento comercial, num melhor aproveitamento das redes sociais, do arquivo de conteúdos que dispõe e de uma transformação na redacção, nas competências e dinâmicas da mesma.

Este é, assim, um importante documento para servir de orientação(e talvez de exemplo) a muitas outras redacções do mundo inteiro, permitindo-lhes preparar uma transição mais ponderada (e séria) para o digital.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s