Tendências do jornalismo digital

No website do Reuters Institute pode ler-se um artigo intitulado MEDIA, JOURNALISM AND TECHNOLOGY PREDICTIONS 2015, que nos apresenta as previsões para este ano, na área dos media, do jornalismo e da tecnologia. Até ao momento, vimos o crescimento exponencial de muitos websites informativos, tanto de meios de comunicação social, como de pessoas que decidiram criar projetos online em regime individual. Nos próximos meses, segundo Nic Newman, veremos uma descolagem do digital no que toca à qualidade.

O prognóstico do investigador do Reuters Institute of Journalism, antigo estratega online da BBC, diz-nos que em 2015:

  • Os smartphones serão o dispositivo mais importante para a divulgação do jornalismo digital e tornar-se-ão centros para outros dispositivos;
  • Haverão ‘guerras’ de mercado entre os SmartWatchs da Google e da Apple;
  • As aplicações de saúde e fitness irão evoluir para uma fase de revolução social;
  • Os selfie sticks e os selfie vídeos irão ‘inundar’ as redes pessoais;
  • As empresas chinesas e indianas irão ameaçar o domínio da tecnologia global pertencente a Silicon Valley (Estados Unidos);
  • Haverá uma maior preocupação com a privacidade e a segurança online, por parte dos utilizadores. Especificamente com sensores e sistemas de localização;
  • As aplicações de bloqueio à publicidade irão aumentar. Haverá um aumento dos processos judiciais. O native advertising* também vai crescer. (*Conteúdo pago que corresponde aos padrões editoriais da publicação e atende às expectativas do público);
  • Os media irão orientar-se mais pelo contexto em que se inserem (localização, história e preferências), do que por plataforma;
  • O áudio renascerá em formatos próprios para dispositivos móveis. Os assistentes virtuais inteligentes serão cada vez mais impulsionados por voz;
  • Os meios de comunicação social e digital serão um dos fatores influentes nas eleições do Reino Unido;
  • Irá existir uma ‘explosão’ de estações de carregamento, para evitar faltas de bateria;
  • A Apple e a IBM irão colaborar com as empresas, para alcançar melhorias tecnológicas.

A técnica, a inovação de produtos e os conteúdos com modelos de subscrição e de aluguer vão ser as palavras-chave para atingir maiores receitas digitais ao longo deste ano.

Links consultados:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s