A Rádio está a morrer?

Acho que a resposta é não!! Até porque já dei ao longo dos meus comentários vários exemplos de como a rádio foi reinventada.

Tenho dito que as tecnologias digitais relacionadas com a internet podem e devem mudar e melhorar a forma como se faz e ouve rádio. Embora esta mudança no meu entender ainda não é suficientemente madura.

Há obviamente um longo processo de aprendizagem e de adaptação a estas novas plataformas. As mudanças ocorrem a todos os níveis e em todos os sectores da rádio. Por exemplo, os jornalistas “clássicos” da rádio tiveram e continuam a ter que se adaptar a esta nova realidade. Sei e dou o exemplo disso, que uma repórter da Renascença que fazia exclusivamente trabalho para a antena do canal é agora obrigada a fazer para além da peça para a antena um texto, com imagens e som, para a internet. A internet abriu portas para isto e muito mais e os jornalistas têm que se saber adaptar o melhor que podem e sabem. Estou a dar um exemplo do jornalista como podia falar da estrutura da rádio de uma maneira geral. As programações, por exemplo, são também pensadas e viradas para o online e é nisso que é importante pensar nesta altura.

Ao longo dos tempos, em situações semelhantes quando surgem novas indústrias ou tecnologias, só após o seu amadurecimento e vulgarização de uso é que se começa a pensar e a reflectir perante aquilo que aconteceu.

Sabe-se que a Noruega vai desligar o FM (Frequência Modular) em 2017, sabendo que este anúncio foi feito a partir de uma plataforma online. Será a 11 de janeiro de 2017 que marcará o princípio do fim do FM. Citado pelo jornal Observador, o director da Rádio Nacional da Noruega diz com algum entusiasmo que “esta decisão permite-nos concentrar os recursos no que é essencial, nomeadamente criar rádio diversificada e de alta qualidade para os ouvintes noruegueses.” Contudo, sabe-se que o fim das emissões FM vai começar pelo norte que depois se alastram progressivamente ao resto do país.  Existem algumas vantagens para a transmissão por intermédio do online: “A rádio digital, conhecida pela sigla em inglês DAB (Digital Audio Broadcasting), permite mais quantidade e melhor qualidade da experiência radiofónica – já hoje a oferta norueguesa em DAB é bastante superior à do FM, com 22 canais contra 5 – para além da facilidade e qualidade superior proporcionadas pelo digital”, segundo o Observador.

«Os ouvintes terão acesso a um conteúdo mais diversificado e pluralista, e vão desfrutar de uma qualidade de som melhor e com novas funcionalidades», explica a ministra da cultura Thorhild Widvey, citata pela CNN.

No mesmo artigo lê-se que a Noruega vai desligar porque 56% dos ouvintes de rádio já o fazem em digital, dizendo ainda que 20% dos automóveis já estão equipados com rádio DAB. Em contrapartida, cerca de 90% dos norte-americanos ainda ouvem rádio AM/FM.

“A Frequência Modulada foi patenteada em 1933 e registou para a posteridade todos os acontecimentos relevantes da humanidade. Caso a tendência se generalize como é esperado, pode não chegar a fazer cem anos. E, convém referir, os rádios analógicos que temos em casa podem ser preparados para o digital – ou então podem ser doados para reciclagem”, Observador.

Esta evolução não se pode ficar apenas pelos aspectos técnicos, é necessário pensar tudo, em todos os pormenores. É necessário pensar em todas as formas de desenvolvimento e evolução e saber como é que as rádio vivem com esta nova realidade.

Fontes:

http://observador.pt/2015/04/19/noruega-desliga-o-fm-em-2017/

http://www.tvi24.iol.pt/tecnologia/digital/noruega-sera-primeiro-pais-do-mundo-a-desligar-radio-fm

http://shifter.pt/2015/04/noruega-vai-desligar-o-fm/

http://www.elmundo.es/television/2015/04/20/55352fe822601d160d8b456f.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s