Live Performance Journalism

Em 2009 nasceu a Pop Up Magazine, uma revista que faz jus ao sentido literal da expressão «ao vivo». Em novembro de 2014, a primeira noite da Pop Up Magazine em San Francisco contou com uma sala esgotada e mais de três mil espetadores, no Davies Symphony Hall.

Em palco, a Pop Up Magazine narra histórias verídicas através dos contributos de mais de 20 colaboradores, incluindo: repórteres de imprensa e rádio, realizadores de documentários, fotógrafos e um grupo de músicos.

Os artigos são organizados em diferentes categorias: crónicas, desporto, educação, entre outros. Antes de serem representados, os títulos e nomes dos jornalistas são projetados num ecrã.

A primeira história a ser apresentada retratava a vida de uma estudante universitária que se sustentava como pastora de ovelhas. Ilustrações e clips de áudio acompanhavam a narração da jornalista Kiera Butler. A reação do público foi muito efusiva – um contacto que não é habitual para um jornalista que trabalhe num formato corrente, mais isolado do público.

Os espetáculos esgotam em cerca de 30 minutos. O projeto, inicialmente experimental e sem expetativas de crescimento económico, levou à publicação de uma revista mensal, The California Sunday Magazine.

No artigo da Columbia Journalism Review, escrito em Abril deste ano, a autora Lene Bech Sillesen questiona-se: serão estas live performances jornalismo?

Este formato híbrido poderá colmatar um nicho de mercado, e pode ser uma ferramenta para colocar em causa os preconceitos e a rigidez do jornalismo corrente.

Referências:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s