Uma app para ganhar eleições?

Blerim Bunjaku é um jovem muçulmano de origem albanesa que se candidata para as próximas eleições na Suíça por um partido evangélico. Se esta ideia não é suficientemente caricata atentem no seguinte: Blerim Bunjaku tenciona ganhar as eleições com uma app.

A ideia é combater a abstenção e motivar a ida às urnas. Bunjaku acredita que é esta iniciativa que o distingue dos restantes candidatos.

«Eu sou o primeiro político do país com um aplicativo no App Store e que tenta, através desse canal mais moderno, de politizar. Hoje em dia as pessoas “vivem” literalmente o seu celular, ou seja, elas passam 24 horas por dia com o aparelho. Por isso acredito que chegou a hora de refletir alguns instrumentos, inclusive mesmo o do ato de votar.», lê-se na entrevista publicada na swissinfo.ch

Na sua app, Bunjaku comunica os seus valores e objetivos, o que acredita permitir um contacto mais direto com o público. A app tem uma secção de notícias, um calendário para as eleições, e um polémico «questionário para se tornar suíço».

Inspirado no filme «Fazedor de Suíços de Rolf Lyssy, um sucesso de bilheteira de 1978,  Bunjaku decidiu desafiar os utilizadores a medir até que ponto eles são suíços. O questionário é semelhante aos testes de naturalização da Suíça. O feedback foi positivo. Bunjaku recebeu comentários de muitos suíços, alguns que até admitiam não conseguir acertar todas as questões! O questionário acaba por ter uma ação pedagógica uma vez que aborda os modelos políticos suíços e outros assuntos difíceis de tratar.

Se for eleito, Bunjaku pretende utilizar a app como ferramenta para ouvir a população – servirá para fazer sondagens sobre como preferem que ele vote um determinado assunto no parlamento – e também para entrar em contacto com os utilizadores, por exemplo, através de notificações push. «Para mim o importante é ser a voz do povo. A minha própria opinião não importa, mas sim a dos meus eleitores. Eu quero saber o que as pessoas sentem falta. E para isso, as novas mídias são o instrumento ideal», explica na entrevista.

Para este jovem político, a tecnologia pode ser a solução para combater a abstenção. A 14 de Junho saberemos quais serão os resultados das eleições, e se a app de Blerim Bunjaku tem o efeito pretendido.

Referências:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s